18 março, 2009

MISSÃO CUFA NO HAITI



Celso Athayde e Mv Bill embarcaram na semana passada para o Haiti. Dentre as missões, uma é ver de perto o trabalho feito por militares brasileiros que estão em missão de Paz pela ONU (Organização das Nações Unidas). Desde de 2004, o Brasil se destaca na ajuda humanitária e na reconstrução do país.Veja o comentário de Celso Athayde a respeito da ação cívica do militares na favela de CT Solei , em Porto Príncipe:“ Hoje fomos para uma ação cívica, assistir o Exército Brasileiro distribuir alimentos para 500 famílias. Esse alimentos vieram de vários países, e só agora entendo a função do exército numa ação simples como essa de entregar alimentos. A fome e o desespero é tão grande que qualquer pessoa de boa vontade que se aventurar a fazer essa entrega sem auxilio da Força Militar, corre risco de vida, e coloca em risco a vida dos Haitinanos, pois os saques são constantes, e as brigas para ver quem consegue um kilo de arroz, por exemplo pode ser mortal”Sobre o Haiti:O Haiti é a segunda maior ilha do mar do Caribe. O idioma oficial é o creole, mas também se fala francês, pois o pais já foi colônia da França. A população haitiana está estimada em 8,5 milhões de pessoas. Cerca de 95% são de ascendência africana. Metade da população não sabe ler nem escrever. O Haiti é o país mais pobre da América, tão miserável como Timor-Leste e Afeganistão. A expectativa de vida é de apenas 51 anos. Sua renda per capita é um-terço da renda da favela da Rocinha, no Rio de Janeiro.

2 comentários:

Adm. DayloN disse...

Iae...
Interessante aqui....


ow... se precisar de ajuda com o blog soh chamar...
eh o Daylon aqui

da uma olhada no meu depois...
http://daylon.blogspot.com

Anônimo disse...

é isso aí...
força...

Postar um comentário